segunda-feira, 23 de julho de 2007

Interlúdio!!

Acho que desde pequeno eu fui educado assim: Só comia se minha mãe ficasse me contando uma história: Os três porquinhos, A Bela Adormecida, Peter Pan,entre outras fábulas
Na infância eu era tudo: Peter Pan, Cascão, Batman, Menino Maluquinho, entre muitos outros personagens que realmente existiram pra mim.
Pouco tempo depois vieram os animes e mangás, mas o que mais me fascinava neles não eram os personagens e seus super-poderes, e sim a mensagem que a maioria deles traziam: Sempre eram heróis determinados a seguirem cegamente um sonho mesmo dando a vida por isso.
Nos livros e filmes de que li pouco tempo atrás, me deparei com piratas, bruxos, elfos, hobbits e gigántescos universos, que me valeram um bom tempo de perguntas e respostas inúteis.
Percebe-se que sempre, nesses meus 19 anos, sempre fui movido á base de ficção e fantasia.
Sempre fui feito de mágica.

Aí o que acontece?
Certa hora da vida, você acorda e percebe que a mágica que te acompanhou durante toda a vida, não existia, era mentira, e nada pode fazer com que ela realmente exista. A não ser você mesmo.
Mas... o que segue é que tornar uma fantasia real e tornar a vive-la seria o mesmo que se afundar num poço de loucura.

Mas como se define a loucura?
Exitem casos de loucos que se tornam obsesivos e realmente se embebedam neste poço. As vezes se matam, ou acabam internados num hospício.
Outros loucos são aqueles como um certo homem, que vislumbrava um local abandonado e ali imaginou um gande castelo, e alguns anos depois criou o maior parque temático do mundo.
Ou então um outra louca, que começou a escrever seu livro num pequeno café na escócia, por estar sem dinheiro para pagar o ar condicionado, e hoje este livro é o um dos mais vendidos do mundo.

E então?
Ser o louco que se deixa fazer?
Ou o louco que faz acontecer?

Só sei que minha camisa de força ainda não me deixa apontar o caminho.

Aquele Abraço....

3 comentários:

Minoru disse...

"Certa hora da vida, você acorda e percebe que a mágica que te acompanhou durante toda a vida, não existia, era mentira, e nada pode fazer com que ela realmente exista"

essa seria a loucura maior, cara!

Gabri disse...

One Piece ruleia,yeah!

Mas então,concordo com o Minorão.
Bem... em partes.

Dá pra fazer a mágica acontecer sim. E sem a ajuda do Miste M.
Um simples abraço,ou uma palavra,por si só,já viabilizam uma mágica.

Jonas disse...

Que texto de louco!