sábado, 3 de maio de 2008

A Vila Madalena, os Livros e o Cinema.

Faz três anos que eu passo, pelo menos uma vez por semana, na Vila Madalena em São Paulo. Pra quem não sabe eu fazia meu curso de teatro por lá. (Agora estou resolvendo minhas DPs [Humilhado!!])
E são nos mesmos três anos, em que cada vez que passava por lá pensava: "Poxa vida, um dia eu ainda vou morar aqui". E ainda penso isso.

Eu caminhava pela Vila Madalena as 2 horas da tarde de uma sexta-feira chuvosa. A chuva, na minha singular opinião, deixa as coisas ainda mais bonitas. A Vila estava mais linda do que nunca.
Eu passo na frente de um bar ( os bares abundam a vila madalena, especialmente os bares extra caros) e vejo muitas pessoas dentro dos mesmos, o que me lembra muito a boemia e certas discussões que ouvi na classe teatral. ( que chique, "classe teatral") O que importa agora, na verdade, não são os temas de cada discussão, mas sim o modo com que discutem.

"Pois segundo, Grotovskiu, teatro é para ser feito assim...."
"Não, meu caro...Brestch é o melhor em técnicas de interpretação..."
"Joga na vertical, que sua interpretação sai bem..."

Sinceridade, eu nunca li nenhum livro desses e sempre achei que eles não ajudam em nada.
Afinal quem está no palco não é o Gortovski ou o Rai que o Parta, quem está no palco é você. Você de carne, osso e texto decorado. Sabe o que é pior? Dizer o que acabei de escrever é considerado heresia, o mesmo que xingar o papa.
A mesma coisa acontece com a galera de cinema:

"Porque Feline, fez isso isso e aquilo, e cinema americano é uma bosta..."
"Mas na verdade, Glauber diz isso isso e aquilo, e Homem de Ferro é um lixo..."

Por que vocês não param de fumar seus baseados e tomar suas cervejas, levantam as bundas dessas cadeiras de bar, pegam uma câmera e fazem um filme? Por que?
Mas pera lá, o filme precisa ser bom... Merda não pode, Não pra você que bate uma ...... pro Felini.
Deixando claro que não desmereço nenhum desses grandes, muito pelo contrario, os admiro muito. Mas tenho certeza que eles não ficavam fumando uma erva num barzinho de faculdade. Eles tinham idéias, idéias de verdade.

As casas na Vila Madalena são caras. Só ricos moram lá. Melhor, ricos e "cults".
Mas será que eles são ricos por que lêem, ou lêem por que são ricos?

Concluindo: Odeio os Cults.

E ah... Bem Vindos de volta ao meu Blog.

Aquele Abraço...

2 comentários:

Gabri disse...

Ramon,PELOAMORDEDEUS,revisa esta bagaça antes de postar! JESUSMARIAJOSÉ,cada erro de português um pior que o outro!

O blog da Lisa disse...

Ramon, concordo com o Gabri aí de cima, mas eu acho que eles não lêem. Eles fingem que lêem, porque são ricos e tem dinheiro pra gastar com essas coisas de "imagem". O povo que discute as teorias e desteoriza tudo, inclusive suas opiniões, são geralmente os que não tem dinheiro (a classe teatral) e querem um dia chegar a ter.
Enfim... filosofia pura!
Inté
Lisa